MAGAZINE

25/11/2018

Foto: © Tchiss Lopes

Tchiss Lopes é um músico Cabo-verdiano com uma história de vida que deu várias voltas e o levou a deixar o seu país. Vive em Itália desde 1980 e hoje Roma é a sua casa. Antes de se fixar na monumental capital italiana, passou por Lisboa, com uma ideia vaga de lá poder vir a jogar futebol. A par com a música, o futebol fez parte da sua juventude “joguei à bola no Grémio Desportivo Amarante em S.Vicente”, esclarece à Berlinda. Originário da ilha de São Vicente, Narciso Lopes - mais conhecido por Tchiss Lopes - logo seguiu viagem “Em Fevereiro de 1980 estive em Lisboa uns dias, mas logo me transferi para Roma, por motivo pessoal e de trabalho”, lembra. A cidade acolhe uma grande comunidade originária de Cabo Verde. Itália (sobretudo Roma e Nápoles) é, aliás, um dos países com maior número de emigrantes Cabo-verdianos na Europa, depois de Portugal e Holanda.

 

De lá partiu para uma viagem longa “Fui trabalhar num navio mercante Grego. Depois de onze meses voltei para a cidade de Roma e daí iniciei a minha carreira musical com o grupo Cabo Verde Novo”, conta. Antes de se lançar numa carreira a solo, Tchiss Lopes foi baixista, guitarrista e vocalista do grupo, levando assim os sons de Cabo Verde à capital italiana. “Lançámos o nosso primeiro LP com o título “Moreninha” em 1981”.

 

Em 1982 lançava o seu primeiro trabalho a solo: “Stranger já cá tem traboi”. Até hoje, soma mais de uma dezena de álbuns, a maioria editados em Roma. Esta é a cidade onde Tchiss Lopes começou a sua carreira, mas também onde criou raízes e permaneceu. Através da música - sempre cantada em crioulo, por vezes com uns apontamentos de italiano pelo meio - mantém a ligação com Cabo Verde. O seu último trabalho, “Paginas d’vida”, foi lançado em 2015. Coladeira, zouk, reggae, funaná ou morna fazem parte do repertório de Tchiss Lopes, músico de longa carreira “Graças a Deus, tenho 37 anos de carreira musical”, conta com orgulho à Berlinda.

 

Os sons de Tchiss Lopes, que emanam a atmosfera dançável da sua terra-natal, passarão em breve pela Alemanha. O músico tem dois concertos agendados, um em Berlim (29 de Novembro) e outro em Leipzig (1 de Dezembro).

 

Em Berlim, o concerto conta com a presença de vários djs, incumbidos de terminar a noite da melhor forma. São eles: Nesta (Portugal), Jimmy Trash (Austrália), Sigourney Ban Pilz (Alemanha) e Buti Sekhalanga (África do Sul), organizadores e impulsionadores do evento. Tchiss Lopes, que traz no alinhamento do concerto várias músicas dos seus diferentes álbuns, levará os ouvintes numa viagem de ritmos e sons. O longínquo arquipélago de Cabo Verde, por vezes esquecido no enorme azul do oceano, estará assim um pouco mais perto.

 

Concerto Tchiss Lopes: 29.11.2018

Arkaoda Berlin, 20h

Karl-Marx Platz 16, 12043 Berlin

37 anos de carreira musical - Tchiss Lopes pela primeira vez em Berlim

Freunde von Berlinda e.V. , Heimstr. 3, 10965 Berlin - info@berlinda.org 

BERLINDA 2019 · All rights reserved