MAGAZINE

No Tempo do Terramoto: Música e Arte Barroca em Portugal no séc. XVIII

Foto: Fonte - Wikimedia Commons

Esta é mais uma Tertúlia com Música da Berlinda, desta vez com o tema: “NO TEMPO DO TERRAMOTO: MÚSICA E ARTE BARROCA EM PORTUGAL“.

 

Trata-se de um encontro informal, onde em boa companhia e com copo de vinho na mão,  se falará sobre a música portuguesa no séc. XVIII, com excertos das primeiras óperas portuguesas, pinturas da época, uma reconstituição arquitectónica do Terreiro do paço antes da catástrofe, enfim, falar-se-á de como era a vida cultural e política em Portugal pouco antes de 1755. 

A Tertúlia é gratuita. Apenas quem quiser comer o jantar setecentista, deverá pagá-lo previamente. 

O jantar custa 14 Euros por pessoa, sem bebidas, e inclui entrada, prato principal e sobremesa.

“Escreverei de um Terramoto, tão célebre pela ruína e incêndio de uma populosíssima cidade, que com razão me pareceu este um assunto digno de memória; para que em todos os tempos o tivesse presente a posteridade. Porque sucesso mais feio e horrível nunca os Portugueses viram, nem ainda leram. Pelo que devemos crer, que em um só dia quis Deus nosso Senhor castigar os depravados costumes de muitos séculos”

António Pereira de Figueiredo, Comentário Latino e Português sobre o Terramoto e Incêndio de Lisboa

 

Em 1755 um terramoto de enorme magnitude abalou Lisboa e todo o país. À destruição generalizada seguiu-se o desafio da renovação arquitectónica e também política, liderada com mão de ferro pelo Marquês de Pombal, que trouxe a Lisboa a Baixa Pombalina e ao país as raízes do Iluminismo. Portugal nunca mais foi o mesmo. Mas como era antes?

Integrada no ciclo “Tertúlias com Música”, da Associação Berlinda (Freunde von Berlinda e.V.), este encontro é um pretexto para recordar, em ambiente informal, a música e a arte portuguesas dos séculos XVII e XVIII, conhecer obras-primas só recentemente descobertas e pensar a Portugalidade num contexto global.

Haverá uma breve palestra, feita por Inês Thomas Almeida, ilustrada por inúmeros exemplos de músicas, excertos das primeiras óperas portuguesas, pinturas, gravuras e anedotas da época.

Não são necessários quaisquer conhecimentos sobre os temas apresentados. Basta curiosidade e vontade de um serão bem passado em boa companhia, com boa conversa e um copo de vinho na mão.

Depois da palestra será servido um jantar (opcional) de pratos do séc. XVIII (entrada, prato principal e sobremesa), confeccionados segundo as receitas do primeiro livro de cozinha editado em Portugal, a “Arte de Cozinha” de 1693, escrito por Domingos Rodrigues, Mestre de Cozinha do Rei D. Pedro II.

 

EMENTA

Segundo receitas do livro “Arte de Cozinha” de Domingos Rodrigues, 1693 (3ª edição)

 

Primeira coberta:

CENOURAS DE POTAGEM
(creme de cenoura)

Segunda coberta:

Opção 1: BERINGELAS RECHEADAS
(Beringelas recheadas com queijo e canela)

OU

Opção 2: OLHA PODRIDA
(guisado rico de várias carnes com legumes e grão)

Terceira coberta:

PÊRAS EM VINHO
PASTELINHOS DE BOCA DE DAMA

Preço: 14 €.
Não inclui bebidas.

 

Interessados devem por favor enviar um email até ao dia 3.02.2016, indicando qual a opção escolhida para o prato principal bem como cópia do comprovativo de pagamento, para: almeida@berlinda.org

 

O pagamento deve ser feito diretamente para a conta do Sete Mares:

Destinatário:      Pinto Pais
IBAN:                  DE24 1007 0124 0041 0225 00
Montante:           14 €

 

Não serão garantidas reservas recebidas após o dia 3.02.2016

Tema: “No tempo do terramoto: Musica e Arte Barroca em Portugal no séc. XVIII”
Oradora: Inês Thomas Almeida
Duração: cerca de 1h

Inês Thomas Almeida é directora da associação Berlinda e Marketing Manager da empresa de produção de eventos finke | production GmbH.
Fez o curso de piano no Instituto Gregoriano de Lisboa. Frequentou a Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, a Escola Superior de Música de Lisboa e o Departamento de Música da Universidade de Évora.
É licenciada em Canto pela Hochschule für Musik und Theater Rostock.
Em 2009 foi laureada no Concurso Internacional de Canto Kammeroper Schloss Rheinsberg, entre mais de 400 participantes de 40 países.
Vive na Alemanha desde 2003 e em Berlim desde 2009.


A exposição do tema dura pouco menos de uma hora. Segue-se discussão e convívio informal entre os participantes. Quem quiser pode trazer os seus próprios meios audiovisuais para apresentar na discussão(livros, exemplos de músicas, quadros, etc, em CD-Audio ou USB Stick). Haverá para isso um leitor de CDs e um computador com Beamer/Projector à disposição.

As TERTÚLIAS COM MÚSICA são gratuitas e abertas a todos os interessados. Não são necessários quaisquer conhecimentos prévios, apenas trazer boa disposição e curiosidade.
O idioma é o português. Havendo público interessado, poder-se-á fazer simultaneamente em português e em alemão.

Interessados inscrevam-se por favor através do email: almeida@berlinda.org

 

 

NO TEMPO DO TERRAMOTO: MÚSICA E ARTE BARROCA EM PORTUGAL

com jantar do século XVIII (opcional)

6ª feira, 5.02.2016, pelas 19h
Sete Mares
Heimstrasse 3
10965 Berlin (Kreuzberg)

Please reload

Freunde von Berlinda e.V. , Heimstr. 3, 10965 Berlin - info@berlinda.org 

BERLINDA 2019 · All rights reserved