MAGAZINE

"Muito Romântico", novo filme da dupla brasileira Distruktur chega ao cinema em Berlim

Foto © Distruktur

"Muito Romântico", o filme da dupla brasileira Distruktur, chega ao cinema em Berlim (cinema Wolf, Neukölln). Feito ao longo de nove anos, o filme conta-nos a viagem de Melissa e Gustavo do Brasil até Berlim; uma viagem que continua em Berlim, cidade em constante movimento.

 

 

"Muito Romântico" é a primeira longa metragem de Distruktur, a dupla composta por Melissa Dullius e Gustavo Jahn. Neste poema visual, Melissa e Gustavo assumem o papel dos heróis da sua própria obra. Numa dialéctica entre a realidade e a ficção, entre a observação e a fantasia, eles abrem-nos as portas à vida que foram encontrar em Berlim.

 

O filme inicia a bordo de um navio cargueiro; através de duas janelas vê-se a imensidão do Atlântico. Prosseguindo calmamente pelo oceano, o espectador é embalado na doçura de uma viagem rumo ao desconhecido. Ao chegarem a Berlim, deparam-se com uma cidade imensa, imaculada da urgência selvática dos empreendimentos imóveis. Por meio de imagens coleccionadas ao longo dos anos, e que hoje adquirem um valor documental, levam-nos a percorrer terrenos baldios da cidade, agora esfumados pelas iniciativas de modernização do espaço urbano.

 

É em tom de descoberta de um novo mundo que o filme procede. Instalam-se numa casa, e é do quarto de dormir, quase sem dele sair, que dão voz ao espaço livre da cidade. Mais que o espaço físico retratado nos terrenos baldios, este é o espaço da imensidão imaterial de Berlim, personificada na liberdade e diversidade do ser e do estar. O quarto de dormir é assim o palco, onde amizades, histórias, música e cinema coexistem.

 

Contudo, a euforia pelo novo vem a par com a fragilidade da incerteza. Neste processo de transformação, o casal perde-se e vê o seu mundo oscilar, até que um portal para o cosmos lhes aparece no quarto e os transporta para um eixo de associações entre o passado, o futuro e o presente.

 

“Muito Romântico”, um filme premiado no Brasil e na Polónia, apresentado em vários festivais internacionais de cinema, incluindo a presença no Forum da Berlinale 2016, leva o espectador a embarcar numa doce viagem imagética por um espaço e um tempo próprio, através de memórias e fantasias.

 

Mais sobre “Muito Romântico” no site Distruktur.

 

  

 
Please reload

Édi Kettemann

O Édi é uma pessoa muito curiosa, que se interessa por tudo aquilo que vê. Adora observar pessoas, os seus movimentos e interacções. Este é provavelmente o principal motivo que fez despertar nele, já desde pequeno, a paixão pelo cinema, teatro, pela escrita e fotografia. De formação engenheiro electrotécnico, algo que lhe deu a oportunidade de viver em diferentes países, interagir com diferentes culturas e familiarizar-se com várias línguas, dedica-se à cultura e à educação. Vive em Berlim desde 2016.

Please reload

Freunde von Berlinda e.V. , Heimstr. 3, 10965 Berlin - info@berlinda.org 

BERLINDA 2019 · All rights reserved