MAGAZINE

Muito mais do que livros em Português: A livraria

Foto: A Livraria © Divulgação

A Livraria – o próprio nome aponta para a singularidade deste estabelecimento, que é de facto a única livraria, em Berlim, de livros em português. O dono, o brasileiro Edney Meirelles Pereira, insiste apesar das dificuldades em manter este espaço para livros e cultura de língua portuguesa no coração de Berlim.

 

Foi o amor que o trouxe a esta cidade. Recém-formado em Letras, o pernambucano decidiu um dia fazer férias de tudo e passar três meses na capital alemã, onde tinha um conhecido. Nesses três meses encontrou não só uma cidade multicultural que o atraiu muito, como também a italo-berlinense Catia Russo, que é desde então a sua companheira e também coproprietária da Livraria. Depois de várias viagens entre Berlim e o Brasil, e do trabalho paralelo num projeto da Secretaria de Estado da Educação do Governo de Pernambuco, o destino deu uma ajuda ao espírito empreendedor do casal: em 2005, Edney sofreu uma operação ao joelho e teve de passar algum tempo no hospital. Como ainda não lesse fluentemente alemão, Catia tratou de lhe arranjar livros em português. Confrontados com a dificuldade de conseguir literatura em língua portuguesa - a livraria mais próxima era em Frankfurt – surgiu-lhes a ideia, e em 2006 A Livraria abria as suas portas na Torstraße 159, em Berlim-Mitte.

 

Para além dos livros, este espaço serve também de palco a eventos culturais, organizados com empenho apesar da disparidade das audiências, que podem ir desde quatro até sessenta pessoas. Mas não ficam por aqui as possibilidades deste espaço multifacetado: “os brasileiros vêm sobretudo para comprar feijão”, diz Edney entre risadas. É que n’A Livraria existe também uma pequena mercearia com produtos brasileiros. Os grandes compradores de livros são sobretudo alemães que falam português, mas a maior fonte de receitas é o site na internet, através do qual A Livraria recebe encomendas de todo o mundo: Estados Unidos, Inglaterra, Austrália, China, Japão.

 

Em Berlim, Edney sente-se em casa. “É uma cidade multicultural, uma cidade onde se vive muito bem com muito pouco. É por isso que A Livraria existe, porque não precisamos de muito para estar bem. Então, dentro desse critério de viver bem com pouco, a livraria portuguesa e brasileira se enquadra”, explica este simpático brasileiro, cujo bom humor parece ser a arma que esgrime para afugentar os problemas. Essa talvez seja uma das coisas de que ele sente falta: do sorriso espontâneo das pessoas. No Brasil, “por pouco que você tenha, você é feliz e está de bem com a vida”. Mas não trocaria Berlim, e em especial o seu Bergmannkiez em Kreuzberg, por nada – só pelo Recife ou por Olinda, essa bela cidade pernambucana declarada património mundial pela Unesco, onde passou os últimos três anos de sua vida no Brasil. Tem inclusive projetos de criar uma ponte cultural entre Berlim e Olinda, para ficar com um pé lá e outro cá.

 

Os livros vêm de Portugal e do Brasil, mas com autores de todos os países de língua portuguesa: Angola, Moçambique, Cabo Verde, Guiné-Bissau, São Tomé e Príncipe e até “de Timor Leste tem um ou dois títulos”. Os mais vendidos são Paulo Coelho e José Saramago, bem como o best-seller Um Brasileiro em Berlim, de João Ubaldo Ribeiro, republicado recentemente em edição bilingue pela editora Teo Ferrer de Mesquita. Novidade são os livros em italiano, que a partir de agora podem também ser adquiridos aqui.

 

E para quem não conhece ainda A Livraria, uma boa razão para lá ir são, segundo Edney, as saudades: “Saudades de Portugal, saudades do Brasil... Quem quiser conversar um pouco em português pode vir aqui. Se quiser conversar um pouco sobre literatura, sobre cultura, as portas estão abertas”.

A LIVRARIA

Livros, CDs, DVDs, artigos alimentares e eventos culturais

Torstraße 159

10115 Berlin

 

www.alivraria.de

 

 

  

 
Please reload

Freunde von Berlinda e.V. , Heimstr. 3, 10965 Berlin - info@berlinda.org 

BERLINDA 2019 · All rights reserved